Talvez um dia eu também me liberte das paixões. Enquanto não acontecer, eu as dividirei obsessivamente com vocês


 
 

"A imperfeição é bela, a loucura é genial e é melhor ser absolutamente ridículo que absolutamente chato."

Autor: Atribuída a Marilyn Monroe

Buscar na Web "Atribuída a Marilyn Monroe "



Categoria: Citação
Escrito por Rogério Reis às 02h58
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Minha solidariedade a Rafinha Bastos!

Por Marco Antonio Araújo, em seu blog: http://noticias.r7.com/blogs/o-provocador/

O afastamento do CQC QCAcha Rafinha Bastos só comprova o que sempre disse: O programa da Band pratica um humorismo covarde. A própria emissora assinou o atestado de óbito da atração. Eles ficaram sem moral para tirar sarro de mais ninguém.

Quer dizer que só inimigos e pessoas indefesas podem ser humilhados e desrespeitados? Se for a Wanessa e seu marido empresário, amigos do Ronaldo Fenômeno, todo cuidado é pouco?

A bandeira foi tamanha que o Marco Luque, companheiro de bancada, assumiu sua trairagem em público. Seu “comunicado oficial” dizendo que a piada do colega é “idiota e de mau gosto” é uma vergonha. Eu pegava uma cara desses na saída.

Depois de centenas de piadinhas infantis, deselegantes, grosseiras, sexistas, misóginas e, principalmente, sem nenhuma graça, a casa caiu? A punição ao humorista, por fazer o que sempre fez, é hipócrita e oportunista.

Se a equipe do CQC tivesse algum compromisso sincero com a liberdade de expressão, se toda aquele discurso desbragado e arrogante contra o politicamente correto fosse pra valer, só haveria uma decisão decente: um pedido coletivo de demissão.

Essa turma não gosta de humorismo. Gosta é de dinheiro. Fazem qualquer coisa por seus empregos e merchandisings. Eles se levam a sério demais.

Minha mais completa solidariedade a Rafinha Bastos! Até porque nunca ri de uma piada dele, tenho todos os motivos para ficar triste com essa história. Não se abandona assim um companheiro que lutou tanto pela consagração do humor a qualquer custo. Isso vai custar caro.

Original em: http://noticias.r7.com/blogs/o-provocador/2011/10/03/minha-solidariedade-a-rafinha-bastos/

Nota do Blog: Negritos meus. Não há muito o que acrescentar ao texto. Acho até que já escrevi aqui minha opinião sobre "CQCs", "Pânicos" e "Legendários" da vida. São programas tolos, que vivem para perpetuar preconceitos e grosserias, tudo a título de "humor moderno", mas que tem seu público e, num país livre, tem todo direito a liberdade de expressão. Até porque, como alguém já disse, ninguém perde dinheiro subestimando a inteligência do telespectador. 



Escrito por Rogério Reis às 02h08
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Bis

"Sorria, tire a tristeza dessa cara, celebre que o tempo não para, o bom da vida é ser feliz.
E viva de bem com o seu coração, pra baixo não fico não, pra alegria eu peço bis!"



Escrito por Rogério Reis às 03h23
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Aos pessimistas em geral e aos chatos em particular

Vagando pelas páginas da net numa dessas madrugadas, acabei parando no blog do Regis Tadeu (http://br.omg.yahoo.com/blogs/mira-regis). Não conhecia o blogueiro, o que me chamou atenção foi o título de um texto: “Justin Bieber: fãs debilóides, pais “culpados” e omissos”. Basicamente o autor afirmava que fãs do cantor Justin Bieber são imbecis que acabarão com o planeta Terra e que seus pais serão responsáveis pelo fim de nosso belo planeta ao permitir que seus rebentos acompanhem a carreira do artista. Tadeu não usou bem essas palavras, mas este é um resumo bastante fiel do que defende em seu artigo. Interessados podem ler o texto aqui.

François La Rochefoucauld dizia: “A velhice é uma tirania que proíbe, sob pena de morte, todos os prazeres da juventude”. Foi a primeira frase que me veio a cabeça ao ler seu texto do senhor Regis Tadeu. Quem é ele, ou quem sou eu, para julgar o que é bom para o outro?

Em um trecho de seu texto, o blogueiro cita a qualidade musical infinitamente superior que artistas de outras gerações teriam. Parece entender sobre o assunto, apenas se esquece que, musicalmente falando, “Bieber”, “Fresno” ou “Restart” estão para “Beatles”, “Rolling Stones”, “Huey Lewis” ou “Pink Floyd”, assim como esses seus "ídolos" na música estão para Mozart, Bach ou Beethoven. A rigor música de qualidade é música clássica.

É lógico que prefiro a pior música de Lennon e Mccartney a qualquer uma do NxZero. Mas esses são meus ídolos, foram as músicas que fizeram a minha história. Grande parte da nossa geração que, conforme o blogueiro, “não abaixava a cabeça na frente de um "não", que derrubava a cristaleira do bom mocismo", também fez parte do "esse é um país que vai pra frente", do "eu te amo meu Brasil", ouviu “Patotinhas” colaborou muito com os problemas ecológicos atuais, não fez nada para diminuir as diferenças sociais, ao contrário, contribuiu em muito para a desigualdade com a sua mania de levar vantagem em tudo. Essa geração "velha", a que pertenço, é talvez a mais egoísta e individualista que se tem notícia, mas nem por isso deixamos fazer a humanidade avançar. Evoluímos na ciência, na saúde, na tecnologia, na cultura mesmo com todos nossos “defeitos”.

Convivo bastante com jovens e crianças. Não tenho a ilusão que o que vem pela frente seja uma geração perfeita, mas levo a certeza que ela será melhor que a nossa. Será uma geração mais preocupada com o mundo de uma maneira geral. Não tanto com ideologias, mas com políticas sustentáveis, com o bem estar da humanidade, será uma geração menos preconceituosa que a nossa.  Julgar pessoas, principalmente jovens, pelo tipo de música que ouvem ou pelas "paixões" da adolescência beira a estupidez. Chamar pais de omissos porque permitem que seus filhos assistam a um show musical  é ridículo.

Ao autor do texto: continue amado o passado, mas que não se esqueça que o “novo sempre vem”.  Aos fãs do Bieber, grupo no qual eu não me incluo: continuem gostando do que fizer bem a vocês. Ouçam o que lhes fizerem felizes, usem as roupas das cores que quiserem e, por fim, se algum velho mal-humorado e chato resolver encher seu saco, um conselho da “velha guarda”: Não confiem em ninguém com mais de 30.



Escrito por Rogério Reis às 01h35
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

"Não se lê para buscar confirmação, e sim informação e opiniões divergentes. O que eu já sei, já sei. Conhecimento é conflito."

Autor: André Forastieri

Buscar na Web "André Forastieri"



Categoria: Citação
Escrito por Rogério Reis às 11h02
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




A gente precisa ver o luar...

"Se a noite inventa a escuridão, a luz inventa o luar..."



Escrito por Rogério Reis às 01h16
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




E então Deus chamou Steve Jobs



Escrito por Rogério Reis às 13h29
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Morre um Gênio

A bem da verdade nunca fui apaixonado pelo sistema operacional da Apple. Nunca entendi a "paixão" de meus amigos por ele. Parecia mais coisa de gente que, para se mostrar mais "in” ou na moda, enaltecia o sistema apenas para discordar da grande maioria usuária do Windows. Minha admiração por Steve Jobs era resultado principalmente da beleza dos "Macs", da inovação no design de seus produtos e por ele ter “criado” o conceito de computador pessoal.

Veio a “Pixar” e, com ela, “Toy Story”, “Vida de Inseto”, “Monster S/A”, “Procurando Nemo”, “Cars” e outros desenhos que revolucionaram a história da animação mundial, não apenas pela tecnologia de produção inovadora, mas principalmente pela criatividade, singeleza e qualidade das produções. Por trás dessa indústria de fantasia e emoção um grupo genial de criadores capitaneados por Jobs.

Finalmente, no primeiro ano do novo século, o Cara me aparece com um aparelhinho colorido e uma incrível capacidade de armazenar mais de mil músicas. Ai sim foi paixão imediata. O iPod veio para permitir que eu tivesse comigo uma das minhas maiores paixões o dia todo, onde quer que eu esteja. Nada mais de rádios FMs e seus repertórios de gosto duvidoso ou a capacidade limitada de fitas k-7, cds ou mini-disks. Só por isso minha gratidão por Steve Jobs já seria eterna, mas ele ainda nos deu o “iPhone”, o “iPad”.....

"Lembrar que você vai morrer é a melhor maneira que eu conheço para evitar a armadilha de achar que você tem algo a perder" - Steve Jobs (24/02/55 - 05/10/2011)



Escrito por Rogério Reis às 01h56
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




O Brasil já foi mais inteligente

Agora querem proibir a Valéria e a Janete. Em breve, só será permitido fazer mesas-redondas sobre piadas. Ou: A ditadura dos militantes militontos

Por Reinaldo Azevedo em seu blog http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo

Vão brincando com fogo, vão, só para ver aonde vamos parar. A piada está prestes a ser proibida no Brasil, a menos que passe antes pelo Comissariado do Povo para Assuntos de Humor para verificar se ela é limpinha e não ofende ninguém. O Brasil, na média, já foi mais inteligente, e isso vale para a televisão também.

A maioria de vocês, mesmo os mais sofisticados, deve conhecer as personagens “Valéria” e “Janete”, do humorístico Zorra Total. Leiam o que informa Alberto Pereira Junior, do site F5. Volto em seguida:

O sucesso da transexual Valéria (Rodrigo Sant’Anna) e de Janete (Thalita Carauta) no “Zorra Total”, da Globo, pode estar com os dias contatos. A Secretaria de Assuntos da Mulher do Sindicato dos Metroviários de São Paulo deve formalizar hoje, na Globo, uma carta em que exige que a emissora retire do ar o quadro “Metrô Zorra Brasil”. O órgão afirma que a atração é um incentivo ao assédio sexual, já que mostra no final dos seus episódios um homem encostando e abusando de Janete. “O que é piada no programa acontece todos os dias com milhares de mulheres em nosso país”, reforça o sindicato. Procurada pela coluna, a Globo disse que o quadro busca entreter e não incitar comportamentos, muito menos a violência contra a mulher, e que se orgulha de ter sempre defendido os direitos femininos.

Voltei
Os mais jovens não tiveram a chance de assistir aos quadros da TV Pirata, a melhor coisa que já aconteceu na TV Brasileira, já lá se vão mais de 20 anos. Abaixo, publico um vídeo do programa que vale por uma premonição.  Ao perceber que uma das passageiras vomita os bofes no avião, a comissária de bordo pergunta à mãe da moça:
- Foi comida?
Ao que responde a senhora:
- Foi, mas casa amanhã.
- No civil ou no religioso?
- Na delegacia!

O que se dá em seguida? Forma-se uma mesa redonda para discutir a piada, de que participam uma feminista da Unicamp, um professor da FGV, um torcedor do Botafogo e, claro!, o papagaio. Assistam. Volto em seguida.

Voltei
Era o ano de 1988. O Brasil discutia a Constituinte. As “minorias”, incitadas pelo PT, estavam organizadíssimas para garantir seus direitos no novo texto constitucional. Até aí, ótimo, é mesmo parte do jogo. Mas havia também um valor a ser preservado, que não atendia ao grupo A, B ou C e dizia respeito a todos: a liberdade de expressão — que, felizmente, foi garantida na Carta e, a depender dos militantes militontos, será em breve revogada.

Os programas de humor deixarão de fazer graça, chistes etc. para se transformar em minitratados sociológicos. Como inexiste graça que não tenha um tanto de generalização, será preciso definir as categorias que podem e as que não podem ser personagens de piadas.

O país não deixa de ser engraçado, mas de outro modo. A TV Pirata era uma atração da TV Globo. Ontem, vi um mensagem institucional, com apoio da emissora, sobre uma associação de fonoaudiólogos ou algo assim. A mensagem tinha um quê de pito moral— o texto não é literal, mas é mais ou menos isto: “A gagueira não é engraçada, é um problema a ser corrigido”. Pensei no humorista José Vasconcelos, o primeiro a fazer stand up no Brasil, e seus gaguinhos. Hoje seria proibido. Costinha, então, nem pensar. Boa parte das personagens de Chico Anysio teria de ser banida.

De fato, quando penso em todo mal que o humor já fez ao Brasil, fico chocado. Bem, mesmo, nos fizeram patriotas como José Dirceu, Delúbio Soares — que ontem mereceu uma festança promovida pela CUT —, a própria CUT, José Genoino, Marilena Chaui (a quem obviamente remete a feminista do quadro da TV Pirata)… Essa gente, sim, contribuiu para a nossa grandeza.

Essa gente, sim, mostrou como se faz um PAÍS SÉRIO!

Original em http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/agora-querem-proibir-a-valeria-e-a-janete-em-breve-so-sera-permitido-fazer-mesas-redondas-sobre-piadas/



Escrito por Rogério Reis às 18h59
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Irmão Sol

Dante Alighierii disse que ele foi uma "luz que brilhou sobre o mundo. Independente de opiniões ou crenças pessoais, sua mensagem de amor, sua dedicação ao próximo, doação pessoal e respeito à vida fez de São Francisco de Assis um ser realmente iluminado, um homem admirado, inclusive fora da esfera do catolicismo.

No dia dedicado a sua festa litúrgica, fica aqui a “Oração da Paz”, atribuída a São Francisco de Assis. Para muitos essa é uma linda oração, para mim um magnífico mantra:

Ó Mestre,
Fazei de mim um instrumento da tua paz!
Onde houver ódio,
que eu leve o amor
onde houver ofensa
que eu leve o perdão,
onde houver discórdia
que eu leve a união,
onde houver dúvidas
que eu leve a fé,
onde houver erros
que eu leve a verdade,
onde houver desespero
que eu leve a esperança,
onde houver tristeza
que leve a alegria,
onde houver trevas
que eu leve a luz!

Ó Mestre! Faze que eu procure mais
Consolar, que ser consolado,
Compreender que ser compreendido,
Amar que ser amado...

Pois:
É dando que se recebe,
É perdoando que se é perdoado,
E é morrendo que se vive para a Vida Eterna.



Escrito por Rogério Reis às 02h51
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 
Meu perfil
BRASIL, Sudeste, POCOS DE CALDAS, Homem, Portuguese, Spanish, Viagens, Arte e cultura
MSN - rgreis2@hotmail.com
Histórico
Categorias
  Todas as Categorias
  Citação
Outros sites
  Meu Twitter
  Repórter Brasil
  Greenpeace
  CAPA _ Clube dos Amigos e Protetores dos Animais
  SOS Mata Atlântica
  Sea Shepherd - Guardiões do Mar
  WSPA
  WWF - Brasil
  Blog do Juca Kfouri
  Pastoral da Criança
  Direito a Comunicação
  Livre Acesso
  Museu da Corrupção
  Projeto Excelências / Transparência Brasil
  Blog do Denis Russo
  Seja Vegetariano
  Poetisa da Noite
  Blog do Sakamoto
  Fernando Gabeira
  Naninha
Votação
  Dê uma nota para meu blog